Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
21 de setembro de 2010 21:43

Bahia empata com Vila Nova e perde a chance de disparar na Série B

Mesmo dominando toda a partida o Bahia não empatou por 1×1 com o Vila.

Por Editor
 
O Bahia só consegui o empate aos 42 do segundo com um gol de Adriano.  

Aproximadamente 31.500 pagantes compareceram ao estádio de Pituaçu para empurrar o Tricolor de Aço rumo à liderança isolada da Série B. Contudo, apesar de ter dominado todo o jogo, o Bahia não soube aproveitar as oportunidades e só conseguiu um empate com o Vila Nova que manteve sua série de invencibilidade de oito jogos consecutivos no campeonato.

O primeiro gol da partida foi do Vila Nova com Bruno Lopes, camisa 09, aos 12min, após cruzamento de Rone. Até este momento da partida o Vila estava superior em campo, contudo, após o gol, recuou e passou a jogar no contra-ataque.

Aos 17 minutos da primeira etapa o atacante Jael teve que ser substituído, por Rodrigo Gral, em virtude uma lesão sofrida numa dividida de bola com um zagueiro do Vila Nova, que acertou uma cabeça no olho esquerdo do atacante tricolor.

Durante o restante do primeiro tempo o Bahia dominou a partida, contudo não soube aproveitar as oportunidades criadas, principalmente com Ananias.

Na volta para o segundo tempo técnico tricolor colocou Morais no lugar de Bruno Otávio, repetindo a mesma modificação que fez em Capinas, quando estava perdendo no primeiro tempo por 1 x 0 contra a Ponte Petra.

Precisando reverter o placar, o tricolor baiano dominou o segundo tempo, partindo com tudo para o ataque, proporcionando diversas oportunidades de contra-ataque ao Vila Nova, que poderia ter ampliado o placar em pelo menos três claras oportunidades.

O Bahia só chegou ao empate com Adriano, aos 42 minutos do segundo tempo, depois de receber passe de Mendes dentro da pequena área. Na comemoração do gol Adriano tirou a camisa e levou o terceiro cartão amarelo, ficando de fora da partida contra o Sport, em Recife no próximo sábado (25/09).

No final da partida um cachorro rottweiler de um dos policiais, que faziam a vigilância no estádio, partiu para cima de Alisson, mordendo o atleta e rasgando seu calção. “Isso sempre acontece nos jogos aqui de Pituaçu. Esses policiais se acham os donos do mundo. Isso é uma palhaçada”, reclamou o atleta.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*