Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
14 de maio de 2013 14:42

Confederações: Felipão surpreende e deixa Ronaldinho fora da lista

Bernard, do Atlético-MG, foi a principal novidade entre os 23 convocados por Felipão

Por Redação

O técnico Luiz Felipe Scolari anunciou na manhã desta terça-feira a lista dos 23 convocados para defender o Brasil na Copa das Confederações, competição que acontece de 15 a 30 de junho, em seis cidades brasileiras, e serve como prévia da Copa do Mundo de 2014. Felipão surpreendeu ao deixar Ronaldinho Gaúcho fora do grupo, abrindo espaço para a entrada do meia Bernard, também do Atlético-MG.

Durante algum tempo, Felipão admitiu estar em dúvida entre dois astros veteranos do futebol brasileiro. Revelou que iria testar Kaká e Ronaldinho Gaúcho, para, provavelmente, levar um deles para a Copa das Confederações. A preferência parecia ser pelo meia do Atlético-MG, mas a surpresa é que nem ele entrou no grupo – muito menos o jogador do Real Madrid.

Com a ausência dos dois veteranos, a seleção de Felipão passa a ter apenas o atacante Neymar como principal astro. E isso também abriu espaço para a convocação de Bernard, a maior novidade na lista divulgada nesta terça-feira. Felipão ainda inovou ao chamar o volante Jean, do Fluminense, para jogar como lateral.

No final do mês passado, quando fez o último teste no empate com o Chile, Felipão tinha adiantado que estava com a lista praticamente fechada. Segundo ele, suas dúvidas restantes eram apenas em três posições – mesmo sem revelar, parecia que estava entre dois jogadores para ocupar uma única vaga na lateral, na zaga e no ataque.

Para as posições em dúvida, Felipão optou pelo zagueiro Réver, pelo lateral Filipe Luís e pelo atacante Leandro Damião. No restante do grupo, os nomes já eram praticamente certos, como o goleiro Julio Cesar, o zagueiro Thiago Silva, o lateral-direito Daniel Alves, o volante Paulinho, o meia Oscar e o atacante Fred, entre outros.

O trabalho de Felipão começou no final de novembro – essa é a sua segunda passagem pela seleção, depois do pentacampeonato mundial de 2002 -, quando foi contratado para substituir o demitido Mano Menezes. Desde então, ele teve pouco tempo para fazer suas observações, com a disputa de apenas cinco amistosos até fechar a lista.

Na estreia, Felipão sofreu sua única derrota até agora, com os 2 a 1 para a Inglaterra. Além disso, foram três empates, diante de Itália (2 a 2), Rússia (1 a 1) e Chile (2 a 2), e apenas uma vitória, na goleada de 4 a 0 sobre a Bolívia. Com base nos cinco testes que teve, o treinador fechou sua lista para a Copa das Confederações.

Agora, esse grupo de 23 convocados se apresenta em 27 de maio, quando começa a preparação para a disputa da Copa das Confederações. Antes da estreia no torneio, o Brasil ainda terá mais dois amistosos: enfrenta a Inglaterra, em 2 de junho, no Maracanã, no Rio, e a França, sete dias depois, na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

Na Copa das Confederações, o Brasil estreia em 15 de junho, diante do Japão, em Brasília. Ainda na primeira fase, jogará contra o México, no dia 19, em Fortaleza, e a Itália, no dia 22, em Salvador. E a luta é para chegar ao terceiro título seguido do torneio, mostrando que o time está no caminho certo para jogar a Copa de 2014 em casa.

Confira a lista de convocados da seleção

Goleiros – Julio Cesar (Queens Park Rangers), Jefferson (Botafogo) e Diego Cavalieri (Fluminense)

Zagueiros – Thiago Silva (Paris Saint-Germain), David Luiz (Chelsea), Dante (Bayern de Munique) e Réver (Atlético-MG)

Laterais – Daniel Alves (Barcelona), Marcelo (Real Madrid), Jean (Fluminense) e Filipe Luís (Atlético de Madrid)

Meio-campistas – Fernando (Grêmio), Hernanes (Lazio), Luiz Gustavo (Bayern de Munique), Paulinho (Corinthians), Oscar (Chelsea), Lucas (Paris Saint-Germain), Jadson (São Paulo) e Bernard (Atlético-MG)

Atacantes – Neymar (Santos), Fred (Fluminense), Hulk (Zenit) e Leandro Damião (Internacional).

As informações são da Agência Estado

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.