Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
14 de outubro de 2010 21:43

Comércio em baixa por causa da greve dos bancários

Termina a greve dos bancos, mas os comerciantes reclamam com a queda das vendas.

Por Fabiane Santos
 
Foto: André Damasceno.  

A greve dos bancários acabou, contudo a paralisação causou diversos prejuízos não só para a população em geral, mas ao setor comercial, pois as vendas do comércio de Camaçari caíram em pelo menos 40%, é o que comentam alguns comerciantes. Muitos lojistas ficaram no vermelho, tendo que negociar as duplicatas de pagamento com fornecedores

Segundo o Sr. Adelino, proprietário da loja Som Discos, localizada no Centro, isso sempre acontece. “Deveria ter outra maneira de negociação que não afetasse diretamente a população. As contas só podem ser feitas por internet, e quem não tem? Ninguém pode comprar por não tem dinheiro. Assim não tem comércio que aguente”, reclamou.

Contas atrasadas, multas e juros. Clientes reclamam por não ter outra opção de pagamento. “Tive muita dor de cabeça para pagar a minha fatura do cartão de crédito. As filas dos caixas eletrônicos eram enormes. Só me restaram as casas lotéricas”, comentou Fabio Santos, 24 anos.

Para Adriana Dias, 33 anos, o problema foram os mesmo, filas intermináveis fizeram com que ele atrasasse os pagamentos.  “Tentei fazer um deposito no banco para efetuar o pagamento, mas a fila estava enorme todos os dias. Agora só me restou efetuar o pagamento com atraso e multa”, disse.

Já para a gerente da loja Red’s Calçados, as vendas caíram em 60%. “O movimento está totalmente parado. O meu único socorro foi pagar as minhas contas pela internet. Agora é só aguardar para que aumente as vendas com o termino da greve”, disse Ivanilda Pinto.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*