Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
02 de fevereiro de 2017 10:25

Hospital confirma morte cerebral da ex-primeira-dama

A família do ex-presidente Lula autorizou a doação de órgãos

Por Redação

A ex-primeira-dama, Marisa Letícia Lula da Silva, teve morte de cerebral, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio Libanês nesta quinta-feira (2). A mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou por um ‘Droppler transcraniano’, sendo identificada ausência de fluxo cerebral.

De acordo com o hospital, a família autorizou que fossem iniciados procedimentos para doação de órgãos. “A família Lula da Silva agradece todas as manifestações de carinho e solidariedade recebidas nesses últimos 10 dias pela recuperação da ex-primeira-dama Dona Marisa Letícia Lula da Silva. A família autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos”, diz o post da família.

Nessa quarta-feira (1º), o médico Roberto Kalil Filho, chefe da equipe médica que atendeu a ex-primeira-dama, informou que ela teve uma piora no quadro clínico e voltou a ser sedada.

Marisa foi internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no dia 24 de janeiro. Ela passou por procedimentos para conter a hemorragia e diminuir a pressão no cérebro, mas as intervenções não foram suficientes.

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.