Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
22 de dezembro de 2010 08:00

OI informa que não tem previsão de retorno dos serviços

Na manhã desta quarta-feira (22/12) os bombeiros ainda tentavam conter o incêndio

Por Editor

A operadora Oi informou em nota que ainda não tem um prazo para o restabelecimento dos serviços interrompidos depois do início de um incêndio que acontece desde a manhã da terça-feira (21), em uma central telefônica no bairro do Itaigara. Além da Bahia, o incêndio causou transtornos também em cidades de Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Piauí e Maranhão. Segundo nota da empresa, foram prejudicados os serviços de telefonia fixa, móvel e de transmissão de dados. A causa do incêndio ainda é investigada.

A interrupção dos serviços prejudicou também os serviços bancários e o comércio, em pleno período natalino. Sistemas operacionais de cartões de crédito e débito, que são ligados às operadoras, saíram do ar, em bancos e nas lotéricas, assim como o sistema do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e do Bradesco – nos dois primeiros, alguns clientes não conseguiram sequer realizar saques. Também foram prejudicados a central de Polícia, cujo número de emergência está fora do ar, e a Coelba, que também tem seu número de atendimento sem funcionar no momento.

A Oi informou que a extensão dos danos e o número de clientes afetados só serão avaliados quando os bombeiros e os peritos liberarem o prédio. Todos os equipamentos do prédio estão desligados por medida de segurança. Só a partir deste momento, também, a empresa irá divulgar um prazo para o restabelecimento dos serviços – que acontecerá “de forma gradual, com prioridade para os serviços de emergência”. Segundo a Oi, técnicos da empresa “trabalham para encontrar alternativas que minimizem o impacto dos danos”.

Incêndio

A Polícia Militar informou em nota que o foco do incêndio foi encontrado no segundo andar do prédio, mas o fogo agora está concentrado em cabos de comunicação que são revestidos de borracha e, além disso, são protegidos por uma chapa metálica que atrapalha a ação dos bombeiros.

Estão no local desde as 10h da manhã da terça-feira dez viaturas, uma auto-escada e três bomba-tanque, além de uma ambulância. Ninguém ficou ferido no incêndio, mas três bombeiros chegaram a ser levados para o HGE depois de inalar muita fumaça. Até a manhã da quarta-feira (22/12) viaturas dos bombeiros ainda estavam no local tentando conter o incêndio.

Fonte: Correio da Bahia

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*