Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
18 de novembro de 2010 22:32

Ordem de serviço da variante ferroviária será assinada segunda-feira

Obra vai tornar o Pólo Industrial mais competitivo

Por Editor

A lentidão do sistema operacional do transporte ferroviário entre o Pólo Industrial e o Porto de Aratu prejudicava a logística das empresas do Pólo. No entanto, o trabalho da Prefeitura de Camaçari, em parceria com os governos estadual e federal, possibilitou a construção do anel ferroviário no Município em Camaçari e vai permitir que o Pólo Industrial se torne mais competitivo.  

A ordem de serviço para o início das obras será assinada na segunda-feira (22/11) com a presença do Ministro dos Transportes, Paulo César Passos, do Governador da Bahia, Jaques Wagner e do prefeito de Camaçari, Luiz Caetano. A previsão é de que a construção do contorno ferroviário seja concluída no prazo de 1 ano e meio após a assinatura.

Com a construção do anel ferroviário, o percurso passará de 52 km para 23 km, o que representa uma redução de 29 km no trajeto. Além disso, a nova variante ferroviária vai permitir que a linha férrea seja retirada do centro da cidade, oferecendo mais segurança aos moradores de Camaçari.

Na avaliação de Mauro Pereira, superintendente Geral do Cofic (Comitê de Fomento Industrial de Camaçari), o ganho principal com a redução do percurso entre o Pólo Industrial e o Porto de Aratu é que o Pólo vai se tornar mais competitivo, com a redução dos custos de transporte para adquirir a matéria prima e vender os produtos e, com isso, atrair mais investimentos e gerar mais empregos.

Segundo Mauro Pereira, em 2008, o Cofic apresentou, ao governador Jaques Wagner, um documento no qual relatou as ameaças e oportunidades para o Pólo Industrial e apontou o transporte ferroviário do Estado como uma das ameaças ao desenvolvimento das empresas do Pólo Industrial de Camaçari. “Hoje, vemos esse projeto se transformar em realidade graças ao esforço e o trabalho realizado pelo prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, ao qual agradecemos e parabenizamos por ter transformando o transporte ferroviário em uma grande oportunidade para o Pólo Industrial”.  

O ato de assinatura da Ordem de Serviço para a construção do anel ferroviário também contará com as presenças do presidente do Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes), Luiz Antonio Pagot, do diretor de Infra-estrutura Ferroviária do Dnit, Geraldo Lourenço Neto, do secretário Extraordinário de Articulação com o Estado e a União, de Camaçari, Joelson Meira e do coordenador de Captação de Recursos com a União, de Camaçari, Hindemburgo Teles.

Fonte: Josi Anjos / Ascom-PMC

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*