Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
Todos os sites
03 de setembro de 2010 01:05

Demolição das barracas da orla será debatida em Audiência Pública

Cientes de que as barracas devem sair de onde estão, os vereadores pretendem debater alternativas para os barraqueiros.

Por Editor

A onda de demolições de centenas de barracas na orla de Salvador e Lauro de Freitas, por ordem do Ministério Público Federal,  já está chegando à Camaçari e tem preocupado não apenas os barraqueiros, mas também os vereadores do município.

No dia 31 de agosto a vereadora Luiza Maia (PT) apresentou uma Moção de Congratulações à prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), que conseguiu impedir a derrubada de algumas barracas. Na ocasião Luiza aproveitou para pedir aos demais vereadores o apoio para realizar uma Audiência Pública para debater como o processo acontecerá em Camaçari.

“Peço que todos se unam comigo nesta idéia, realizando esta Audiência Pública, pois todos os barraqueiros devem participar e buscaremos uma solução menos dolorosa durante o processo de retiradas das barracas. Eles estão numa área irregular, mas, não podemos permitir que a justiça tire-os de lá de qualquer forma”, disse a vereador Luiza.

A presidente da Câmara ainda informou que, “aqui o prefeito Caetano assinou um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com a Superintendência do Patrimônio da União para retardar as derrubada das barracas enquanto buscamos uma forma de diminuir o impacto social na vida dessas famílias”.

Durante seu discurso a vereadora culpou o prefeito de Salvador João Henrique pelas derrubadas das barracas da capital, alegando que o mesmo não peitou a justiça como Moema fez. Em resposta às acusações feitas por Luiza, o vereador oposicionista Elinaldo (DEM), disse que o ela estava fazendo, tentando culpar João Henrique, era politicagem.

“O vereador Alfredo diz que nós temos que ter discursos de qualidade, mas eu tenho que ouvir o discurso de Luiza, deputada de vocês, culpando o prefeito de Salvador pela derrubada das barracas, só porque ele apoia Geddel. Mas, ela não fala que Wagner, como governador, poderia impedir as derrubadas, e principalmente Lula, pois a ordem foi do governo federal”, rebateu o vereador.

O dia para a realização da Audiência Pública ainda não foi acertado, pois está se buscando uma data em que todos os envolvidos no assunto (governo federal, estadual, justiça e barraqueiros) possam participar.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*