Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
11 de abril de 2017 20:50

Fachin manda investigar ministros, senadores e deputados

Caso o STF aceite as eventuais denúncias, os acusados se tornam réus

Por Redação

O ministro e relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, autorizou a investigação de 8 ministros, 3 governadores, 24 senadores e 39 deputados federais que fazem parte da chamada “lista do Janot”. A revelação das investigações foi feita pelo site do jornal “O Estado de S. Paulo”.

Entre os alvos dos inquéritos, estão os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Os inquéritos servirão para investigar se há elementos para a Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciar os envolvidos por eventuais crimes. Caso o STF aceite as eventuais denúncias, todos os acusados se tornam réus em ações penais.

Dos 28 ministros do governo Michel Temer, oito serão investigados no STF. São eles: Eliseu Padilha (PMDB), da Casa Civil; Moreira Franco (PMDB), da Secretaria-Geral da Presidência; Gilberto Kassab (PSD), da Ciência e Tecnologia; Helder Barbalho (PMDB), da Integração Nacional; Aloysio Nunes (PSDB), das Relações Exteriores; Blairo Maggi (PP), da Agricultura; Bruno Araújo (PSDB), das Cidades; e Marcos Pereira (PRB), da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.