Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
24 de agosto de 2017 10:11

MP pede prisão do ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano

Ele é acusado por crimes previstos na lei que institui normas para licitações

Por Redação

O Ministério Público Federal (MPF) pediu a prisão do deputado federal e ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, por crimes previstos na lei que institui normas para licitações.

Segundo denúncia, o petista direcionou em 2006 a contratação da Fundação para o Desenvolvimento Sustentável (Fundese), órgão que fora comandado por Ivan Durão, seu amigo particular. O MPF também pediu a condenação de Ivan Jorge Durão e Silvana Maria Gonçalves.

A Fundação executou o projeto de engenharia da Variante Ferroviária de Camaçari – Ligação Pólo Petroquímico-Porto de Aratu. A obra contou com recursos de R$ 2 milhões, provenientes de convênio entre a Prefeitura de Camaçari com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e com contrapartida municipal de R$ 105,2 mil. De acordo com o MPF, além da fraude na licitação, houve ainda superfaturamento do contrato, no valor de R$ 161 mil.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*