Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
30 de dezembro de 2010 13:14

Na última viagem oficial, Lula entrega casas e assina convênios na Bahia

Foram entregues 680 casas do Residencial Bairro Novo Salvador

Por Editor

Em reconhecimento à liderança da Bahia na contratação de moradias para o programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula, voltou ao estado, na quarta-feira (29), e, ao lado do governador Jaques Wagner, entre outras autoridades, participou da cerimônia de entrega e contratação de novas unidades habitacionais, na estrada CIA/Aeroporto, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Foram entregues 680 casas do Residencial Bairro Novo Salvador que, ao final das obras, terá 2,4 mil unidades. Lula e Wagner visitaram um dos apartamentos. A assinatura na RMS garantiu a contratação de 17 mil casas, que serão destinadas às famílias com renda de até três salários mínimos. Com as 50 mil que haviam sido contratadas serão 67 mil só na Bahia. “Nossa meta inicial era de contratar 32 mil unidades habitacionais”, lembrou o governador.

O presidente Lula confirmou que o ato foi realizado na Bahia porque o estado se destacou nas parcerias firmadas com o governo federal no setor habitacional. “Uma das razões de eu vir aqui é o fato da Bahia ser o estado que mais contratou casas”. Para o governador é “uma honra para os baianos que Lula tenha escolhido a primeira capital brasileira, a terra mãe do Brasil, para realizar a última viagem como presidente”.

Wagner lembrou ainda que as realizações no setor habitacional e as intervenções em saneamento estimulam inclusive a geração de emprego. “Ganha quem recebe e ganha quem trabalha na obra”. O último ato oficial de Lula fora do Distrito Federal contou com apresentação de grupos baianos como Filhos de Gandhy, Ilê Ayê e o Trio Armandinho, Dodô & Osmar.

 

Entrega simultânea de unidades em outros estados

Cerimônias simultâneas de entrega e contratação de obras de habitações foram realizadas, nesta quarta-feira, em Canoas (RS), Manaus (AM) e Campinas (SP) e firmados acordos semelhantes em todos os estados, contribuindo para que o governo brasileiro atingisse a meta de contratar um milhão de residências em oito anos. “Contratamos um total de R$ 780 milhões apenas hoje”, disse a presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Maria Fernanda Ramos Coelho.

Raimunda dos Santos, Claudia Sacramento, Adriana de Jesus, Joselita Dourado e Zilda Pereira da Silva foram algumas moradoras que receberam as chaves da casa própria. Na opinião do representante dos movimentos sociais de luta pela moradia, Idelmário Proença, o acesso de pessoas carentes à moradia favoreceu a melhoria da qualidade de vida no País. “Estamos otimistas de que as famílias que vivem em situação de risco ou acampadas – só aqui em Salvador são 5 mil – vão receber suas casas. Muitas já fizeram o cadastro socioeconômico”.

Desempenho – Entre os setores que mais cresceram com os investimentos em habitação estão a construção civil e o setor imobiliário. De acordo com o presidente da Câmara Brasileira de Indústria e Comércio (CBIC), Paulo Simão, em 2011 o setor deverá registrar um bom desempenho econômico. “Estamos com a expectativa de crescer 11% no Produto Interno Bruto (PIB)”.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*