Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
10 de novembro de 2010 09:19

Nova CPMF e pedágios são criticados pela oposição

O vereador Jorge Curvelo (DEM) não poupou críticas a Dilma e Wagner.

Por Editor
 

Vereador Jorge Curvelo (DEM).

Foto: Heriks Trabuco.

 

O vereador Democrata Jorge Curvelo aproveitou a Sessão Ordinária da terça-feira (09/11) para chamar a atenção dos camaçarienses para os fatos que sucedem após as eleições de 2010. Sobre a presidente eleita Dilma Rousseff (PT) o vereador criticou a postura da mesma para a criação da nova CPMF.

“Durante a campanha ela sempre se posicionou contra a criação de novas taxas de impostos. Contudo, agora que já foi eleita, Dilma começa a soltar suas asinhas querendo aprovar a nova CPMF para arrochar com o povo. E até o governo Jaques Wagner está concordando com isso”, criticou Jorge.

Outra crítica feita pelo democrata foi sobre os pedágios do governo Wagner. “Falando em Wagner, não posso deixar de falar nos pedágios que ele instalará ao redor de Camaçari, fazendo com que todo mundo que entrar e sair da cidade tenha que pagar. Isso é um absurdo. Como pode um partido que era contra o pedágio agora ser à favor? Eu não entendo isso. E quem sofre é o povo dessa cidade”, disse.

Em resposta a crítica do democrata ao pedágio, o vereador Marcelino (PT), líder da bancada do governo na Câmara, afirmou que nenhum dos vereadores governistas de Camaçari concordam com o pedágio. “Quero deixar bem claro para o senhor, vereador, e para o povo que nenhum de nós, vereadores governistas, estamos aceitando os pedágios nessa passividade que o senhor alega. Pois estradas têm que ser de responsabilidade do estad. Nós já estamos correndo atrás para buscar vias alternativas para o povo de nossa cidade. Agora o que não dá é ficar apenas batendo e criticando, pois isso é fácil. O que tanto o governo como a oposição tem que fazer é buscar uma saída para isso”, afirmou.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*