Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
26 de outubro de 2010 09:15

Pesquisa Vox Populi aponta Dilma com 11 pontos de vantagem

Os candidatos fizeram um debate com clima tenso na Tv Record.

Por Editor

Matéria de Edvaldo Júnior

www.brasildiario.com

A pesquisa Vox Populi divulgou na segunda-feira (25) que a candidata a Presidência Dilma Rousseff (PT) está com 49% das intenções de votos, já o candidato José Serra (PSDB) apresenta 38%. A diferença entre os candidatos diminui de 12 para 11 pontos percentuais. Brancos e nulos somam 6%, mesmo índice da sondagem anterior, e os indecisos passaram a 7%, ante 4% no último levantamento.

Levando em consideração apenas pontos válidos, Dilma sugre com 57% e José Serra com 43%. 14 pontos de diferença. Segundo a mostra, 88% dos entrevistados disseram estar decididos sobre em quem votar.

A pesquisa Vox Populi foi realizada entre os dias 23 e 24 de outubro e ouviu 3.000 eleitores em 214 municípios do País. A margem de erro é de 1,8 ponto porcentual para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo número 37.059/2010.

 Presidenciáveis em Debate na TVRecord

Debate na TV Record: Muita acusação e pouca discussão sobre propostas  
O debate que ocorreu na emissora de TV Record na noite da segunda-feira foi regido por trocas de acusações. Os candidatos foram mais diretos e fizeram acusações pesadas referindo-se aos últimos acontecimentos que regeram a campanha eleitoral. José Serra focou no caso da ex-ministra Erenice Guerra chamando-a de “braço direito de Dilma”, a petista afirmou que foi um fato importante o depoimento dela e voltou a citar o caso de Paulo Preto e disse que o ex-diretor da Dersa levantou dinheiro público para a campanha do tucano.

Segundo a petista, “Paulo é braço direito, braço esquerdo e talvez até a cabeça. Ele coordenou os principais projetos do Serra, Rodoanel, Marginal e Jacu-Pêssego. E aí quando cai viga, ele diz que isso é competência”, disparou Dilma. Serra se defendeu alegando que, “ela levanta essa questão para dizer que em política é todo mundo igual. Não é não. Ela teve como braço direito uma senhora, a Erenice, que montou um amplo esquema de corrupção na Casa Civil”. Serra afirmou que Dilma foi testemunha de defesa do José Dirceu no caso do mensalão.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*