Camaçari Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
16 de novembro de 2010 14:46

Recad inicia operação em dezembro

O Recad possibilitará o mapeamento dos segmentos mais significativos da cidade

Por Editor

Na segunda quinzena de dezembro, entra em funcionamento o Programa de Recadastramento de Atividades (Recad) da Secretaria da Fazenda (Sefaz) de Camaçari. Assinado em 17 de setembro deste ano e instituído pela Lei nº 1105/2010, o Recad vai possibilitar um mapeamento dos segmentos mais significativos do Município, como indústria, comércio e serviços.

Atualmente, a Sefaz está adequando o espaço onde será montada uma central para realizar o atendimento de empresários e outros profissionais. Os funcionários da secretaria, responsáveis pelo atendimento, já receberam treinamento.

De acordo com o secretário da Fazenda, Paulo Cezar Gomes, é importante que assim que o sistema entre em operação, as empresas realizem o cadastro para que seja atualizado o perfil socioeconômico do Município.

O Programa de Recadastramento de Atividades vai atualizar as informações das empresas que possuem o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do Município e em cima dos dados obtidos, melhorar e aperfeiçoar a política tributária de Camaçari, além de realizar o planejamento para os próximos anos.

O Recad é um software é um software desenvolvido pelos técnicos da Sefaz que atualiza os registros das empresas e dos profissionais estabelecidos no Município. De acordo com secretário, perto de 15 mil empresas possuem o CNPJ de Camaçari e mais de 4 mil não estão inscritas no Cadastro Geral de Atividades (CGA).

As pessoas que não realizarem o cadastramento no Recad estarão sujeitos a penalidades, como multa, impedimento de participar de licitações no Município e a não renovação de alvarás de funcionamento.

Fonte: Ana Emíllia Ribeiro / Ascom-PMC

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*